Página #40 - Proibido


Proibido
Tabitha Suzuma
Editora Valentina
304p.
Skoob | Orelha de Livro

Desde a primeira vez que ouvi falar desse livro, eu já quis lê-lo. Li várias resenhas, vi vários vídeos falando sobre ele e esperei baixar a poeira, porque na época só o que se via era essa capa bonita pelos blogs e canais do YT. Agora vou falar um pouquinho sobre a minha experiência com Proibido.

A história é protagonizada por Lochan e Maya, dois irmãos, ele com 17 anos e ela com 16. Eles são os mais velhos de uma família com 5 irmãos que, infelizmente, são praticamente abandonados pela mãe. Lochan sofre de crises de pânico e tem em Maya sua única amiga e companheira. Com a irresponsabilidade da mãe, são os dois que acabam tomando as rédeas da família e se aproximando ainda mais, a ponto de começarem a se envolver amorosamente.

Pois é... Ousada essa Tabitha, né?!

Mas não pensem que essa é uma história depravada e de promiscuidade! Não mesmo. Tabitha fala de um amor consentido, de um amor que surge de ambas as partes, de um amor que a sociedade denomina incesto, mas que pode ser muito mais que isso.

Proibido é um livro bem dramático, mas bastante envolvente. Você não consegue parar até saber o que vai acontecer na próxima página! É interessante a forma como a autora trabalha o tema, porque tudo o que acontece é muito plausível, apesar de chocante. Não posso dizer que amei o livro, porque meu sentimento ao terminar de ler é que faltava alguma coisa. Mas a experiência foi incrível! Nunca pensei que pudesse ler um livro com um tema tão polêmico e não rejeitar os personagens. 

É impossível ler a história desses dois irmãos e não sentir uma pontinha de empatia por eles. É incrível como não há maldade nessa relação e como a sociedade é capaz de criar modelos de perfeição que são facilmente questionáveis. O livro vale muito a pena para se pensar essas questões!

Reblogando #16

Hey pessoal! Tudo bem?

A indicação de hoje é de um site que descobri há pouco tempo e estou bem interessada em assinar! O nome do site é Ubook e, pelo que entendi, é como um Kindle Unlimited de audiolivros!

Achei a ideia sensacional e o preço muito bacana! Estou com muita vontade de testar o serviço, então, se alguém já conhece e utiliza, por favor, deixe um comentário aqui embaixo e me diga se vale a pena. :)

O site parece ser bem completo, com livros de todos os gêneros, inclusive lançamentos! Para acessar é só clicar na imagem abaixo.


Página #39 - O confronto (L. J. Smith)


O confronto
L. J. Smith
Diários do Vampiro - Livro 2
Editora Galera Record
224p.


Assim como o livro anterior, O Despertar, reli O Confronto para o Desafio Literário 2015. Foi uma leitura muito muito muuuito rápida e gostosinha!

O Confronto inicia exatamente onde O Despertar parou. Stefan está desaparecido e Elena precisa encontrá-lo de qualquer jeito. Para isso ela se vê obrigada a confrontar Damon e tem a ajuda dos poderes de Bonnie.

Após encontrar Stefan quase morto e ajudá-lo a se recuperar, Elena tem que enfrentar novamente Damon, pois ele passa a quase que perseguir a garota. Damon decidiu que Elena seria sua antes do inverno acabar, então põe em prática um plano para conquistá-la. Infelizmente Elena não consegue de fato resistir às investidas dele. Porém, desta vez, Stefan está por perto para protegê-la e irá novamente enfrentar o irmão.

Como se já não bastasse todos esses problemas, o diário de Elena é roubado, o que pode causar a exposição dos segredos de Stefan. Diante disso tudo, Elena parece que fica mais adulta, a personagem, que era bem chatinha no primeiro livro, evolui e toma um rumo na vida.

Para mim este livro foi bem melhor que o primeiro, pois tem mais acontecimentos, é mais dinâmico, cheio de ação. É como se em O Confronto a história realmente começasse. O final é bem abrupto, o que me passou a impressão de que toda essa serie foi escrita para ser um livro só, mas acabou sendo dividida. Será?

As considerações finais são as mesmas pro primeiro livro. A edição econômica da Galera é horrível! Muito péssima! E o livro é bem superficial, então não espere muito e você vai gostar!

TOP 5 // Atualizando a meta do Desafio 2016

Hey pessoal!
No começo do ano eu fiz um TOP 5 com livros que eu com certeza leria em 2016 e estou bem feliz com o resultado. Ainda não li todos, mas os que faltam já estão encaminhados, então eu resolvi fazer mais uma lista dessa ainda no início do segundo semestre e, assim, complementar minha meta de 2016.

Os cinco livros escolhidos são esses:


Entre o agora e o nunca (J. A. Redmerski)
Este é um New Adult que está em todas as listas pela internet e eu quero ler há muito tempo. Agora que tenho na minha estante, não há mais desculpas para adiar a leitura. Como estou num clima de ler livros leves e rapidinhos, acredito que vou gostar muito! (Apesar de já ter ouvido coisas bem ruins sobre ele).

Outro dia (David Levithan)
Depois de ler e me apaixonar por Todo Dia, Outro Dia é leitura obrigatória! Eu gostei muito do jeito como o David Levithan desenvolveu a história, adorei os personagens e queria muito uma continuação. Acho que conhecer a história pela perspectiva da Rhiannon vai ser bem interessante! Estou ansiosa para uma promoção bem boa para eu poder comprar. hehe

Para sempre minha (Abbi Glines)
Eu sempre vejo as capas e sinopses dos milhões de livros dessa serie e nunca me interessei de verdade por nenhum deles. Porém, a primeira vez que vi a capa de Pra sempre minha me encantei. Não sei dizer porquê, mas eu preciso muito ler esse livro! Sinto que vou gostar demais. Ainda bem que é um livro isolado da serie e que pode ser lido separadamente.




Veneno (Sarah Pinborough)
Quase morri quando li em uma resenha sobre essa serie que existia uma personagem com o meu nome! Desde então a trilogia está na minha lista de desejados, porque não é em qualquer livro que eu encontro uma personagem chamada Petra, né?! Esse ano eu finalmente consegui comprar os livros, então agora é só ler. (Parece que a tal personagem só aparece no último livro ¬¬).

Will & Will (John Green e David Levithan)
Ganhei esse livro já faz um tempinho e fiquei super empolgada. Mas por causa de outras leituras acabei deixando ele de lado. A escrita do John Green me atrai muito e acredito que essa parceria com o Levithan deva ter ficado ótima! Enfim, é mais um livro que está parado na minha estante e que precisa ser lido logo!

#ProjetoDeLeitura - Os Miseráveis (Tomo 2 - Cosette)












Hey! Mais uma vez estou aqui para falar sobre as minhas impressões da leitura de Os Miseráveis. Desta vez é sobre o Tomo 2, Cosette.

Bom, esse segundo tomo começa com Victor Hugo narrando acontecimentos da Batalha de Waterloo, no ano de 1815, o que eu achei interessante, porém um pouco chato, porque é uma parte bem longa e que acabou 'cortando' a história que estava se desenvolvendo. O autor é bem minucioso nessa parte e descreve muito bem o cenário da batalha que culminou com a derrota de Napoleão Bonaparte.

Ao final dessa descrição, Victor Hugo nos conta um pouco da participação do Sr. Thénardier na batalha, nos trazendo de volta aos personagens. Então, temos novamente Jean Valjean preso e fugindo do cárcere. Desta vez ele vai atrás de Cosette, em Montfermeil. É Natal e a menina está com 8 anos, ela sonha com os brinquedos que não pode ter, por passar o tempo todo cumprindo ordens de Mme. Thénardier.

Valjean encontra Cosette em um bosque escuro, a noite, quando a menina vai buscar água para a taverna. Ela está morrendo de medo, porém, quando uma mão desconhecida lhe oferece ajuda com o balde pesado, ela não se assusta. Os dois voltam para a taverna e depois de alguns conflitos com os Thénardier, Jean Valjean acaba levando Cosette embora.

Num primeiro momento os dois se escondem em um casebre bem precário em Paris, até que Jean Valjean percebe que Javert os encontrou novamente. Para fugir, os dois saem em fuga pelas ruas de Paris numa perseguição atormentadora que só tem fim quando eles conseguem pular o muro de um convento. É neste convento que Cosette e Jean Valjean vão passar os próximos anos. Ele como ajudante de jardineiro e ela como aluna.

Apesar de todos os momentos assombrosos desse tomo, Victor Hugo traz muito sentimento para a história, principalmente na relação entre Cosette e Jean Valjean. É muito legal ver como os dois se transformam juntos e como eles constroem uma relação de amor real. Em certo momento do texto, o autor chega a falar que a entrada de Jean Valjean na vida de Cosette é como a entrada de Deus, de tão importante que esse momento é.

As informações sobre acontecimentos e lugares reais que Victor Hugo coloca na narrativa tornam o livro muito verdadeiro. Parece que tudo aquilo que você está lendo, realmente aconteceu e, às vezes, você até esquece que está lendo um livro de ficção. Victor Hugo é incrível!! :)


Se você quiser saber mais sobre esse projeto, clique aqui.

Reblogando #15

Hey pessoal! Tudo bem?
Depois de muitos meses sem indicar nenhum link legal aqui, eu voltei! E o link que eu trouxe hoje é maravilhoso!

Sabe quando você quer iniciar uma nova leitura, mas não tem ideia de qual livro pegar? Seus problemas acabaram! O Book4You é um site muito incrível, feito exatamente pra esses momentos.

Ele foi lançado em 2015 e é conhecido com o Tinder dos livros. Funciona assim: Você seleciona uma categoria e ele te mostra sinopses de livros para você decidir se gosta ou não. Caso você goste, o site mostra o nome do livro e alguns sites onde você o encontra para comprar. Não é legal?

Eu achei perfeito, porque vivo indecisa e procurando novos livros pra adicionar na lista de desejados!

Para conhecer o site, é só clicar na imagem abaixo!


 
Voltar ao topo